Saiba Mais


A primeira fábrica de papel foi instalada no Brasil entre 1809 e 1810 no Andaraí Pequeno, no Rio de Janeiro, por iniciativa dosindustriais portugueses Henrique Nunes Cardoso e Joaquim José da Silva. Outra fábrica apareceu no Rio de Janeiro montada por AndréGaillard, em 1837, e, logo em seguida, em 1841, teve início a de ZeferinoFerraz, instalada na freguesia do Engenho Velho.

Depois de muita pesquisa em seu laboratório, o português Moreira de Sá anunciou a descoberta do papel de pasta de madeira. O primeiro produto impresso com esse método em sua fábrica foi um soneto de sua autoria, dedicado a D. João VI e Dona Carlota Joaquina.

Durante a Segunda Guerra Mundial, surgiu um grande problema: o Brasil não podia contar com as importações da celulose que vinham todas do exterior. Esse fato acabou por dar um novo impulso à fabricação nacional, que foi obrigada a procurar alternativas para substituir a celulose.

Hoje em dia, praticamente qualquer árvore pode servir como matéria-prima, mas as mais utilizadas são o vidoeiro, a faia, o choupo preto, o bordo e, principalmente, o eucalipto. Entretanto, dentre todas as espécies de árvores utilizadas no mundo para a produção de celulose, o eucalipto brasileiro é a que tem o menor ciclo de crescimento - somente sete anos.

Fonte: http://www.ksronline.com.br


 



 
Rua 9 Qd. 27 Lt 012E. Complemento: Lts 12-15 Setor: Pólo Empresarial Goiás - CEP: 74.985-130 - Aparecida de Goiânia - GO - Fone:(62)3218-1851 / 9978-1140

Desenvolvido por SuperaWebX - Todos os Direitos Reservados